Um acordo entre InKemia IUCT e a cidade de Parets (Barcelona) permitirá a criação de uma inovadora plataforma que pela primeira vez ajudará a criação e instalação de empresas empreendedoras ao tempo que oferece formação universitária em áreas de ciências

De acordo com o presidente da InKemia IUCT, Josep Castells, a nova plataforma de 1.300 m2 irá funcionar como uma incubadora de empresas ligadas às ciências da vida; será uma espécie de parque científico, onde novos negócios nas áreas de biologia, biotecnologia, química, farmácia ou cosméticos e indústria de alimentos poderão se instalar e crescer. Este é um projeto social muito importante porque ajuda desenvolver a sociedade do conhecimento, se cria um tecido social e empresarial sustentável e  competitivo a nível internacional. O investimento previsto para a criação e desenvolvimento desta plataforma será de 1 milhão de euros.

A previsão é de que a plataforma liderada pela InKemia IUCT ofereça oportunidades de emprego altamente qualificada para atrair talento internacional, incentivar o empreendedorismo, gerar e transferir inovação para as empresas tornando-as mais competitivas, ser fonte de novas ideias, energizar os investimentos empresariais e criar um ambiente atraente para a implementação de novas companhias de tecnologia. O Presidente da InKemia IUCT aponta: “Pensamos que em dez anos terá sido incubados nestas instalações entre 50 e 75 empresas, das quais entre 17 e 25 crescerão acima da média. Também acreditamos que em 10 anos serão criados entre 200 e 575 postos de trabalho”.

Cidade universitária

Além da criação de empresas, a plataforma oferecerá alguns mestrados e cursos de pós-graduação que a InKemia IUCT oferece atualmente em suas instalações. Entre os destaques estão mestrados e pós-graduação em biotecnologia, estudos relacionados à ciência e tecnologia de alimentos através de um acordo assinado com a Universidade Ramon Llull. Para graduação espera-se por volta de 200 alunos. Além desses cursos também serão oferecidos outros programas formativos mais técnicos na área química e farmacêutica, onde profissionais receberão certificados (diplomas técnicos). Especificamente, espera-se que os primeiros cursos em ciências da vida sejam iniciados em outubro de 2018, quando espera-se que as instalações (laboratórios, equipamentos técnicos, salas de aula) estejam preparados. A InKemia IUCT planeja fazer um investimento mínimo de um milhão de euros para que tudo esteja pronto para iniciar os primeiros cursos em outubro de 2018. O prefeito da cidade explicou que esta parceria público-privada vai criar uma plataforma que é um projeto estratégico de longo prazo focado na economia do conhecimento. Um modelo de alto valor agregado que complementa o existente para se tornar uma referência no setor industrial.

Sobre Inkemia Brasil

Centro Tecnológico focado em criar, desenvolver e transferir novos conhecimentos para os setores, Farmacêutico, Químico, Biotecnológico, Alimentício...
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s